Ricardo diz que vai experimentar o sentimento do dever cumprido quando passar a faixa de governador para João Azevedo



 Durante a abertura do ciclo de plenárias pelos bairros de João Pessoa, que aconteceu para os moradores de Jaguaribe, Cristo e Rangel, no bairro do Cristo, o governador Ricardo Coutinho (PSB) disse que João Azevêdo (PSB) é o candidato mais preparado para administrar o Estado porque sabe o que vai fazer em janeiro, em junho e em dezembro.

“Tenho a certeza de que vou passar a faixa de governador para João Azevêdo e isso vai me deixar com o sentimento de dever cumprido”, disse.

De acordo com Ricardo Coutinho, quem conhece e escuta João Azevêdo observa que ele é o mais preparado e tem uma história limpa e coerente. Ele acrescentou que o povo na sua sabedoria sabe que a Paraíba de hoje é bem melhor que a de 2010 e, que, diante de uma crise tão grave por que passa o país, não vai votar nos que até pouco tempo trabalharam contra os trabalhadores e a favor das políticas de Temer que aprofundou o desemprego.

“Eles pensam que o povo é bobo. Como não teve coragem de sair candidato a governador contra João Azevêdo, o prefeito de João Pessoa colocou o irmão gêmeo, o prefeito de Campina, que também não teve coragem de sair candidato a governador, colocou a esposa como vice. E como se não bastasse o deputado líder do governo Temer coloca a irmã candidata ao Senado. Mas essa será uma grande eleição em que o povo na sua sabedoria dará o troco”, completou Ricardo

Ricardo também criticou a postura de alguns políticos que trabalham contra a Paraíba e lembrou o episódio do Viaduto do Geisel.

“Um senador teve a mesquinhez de retirar dinheiro desta obra do Viaduto do Geisel, que já tinha sido depositada na conta do Estado pela presidente Dilma, pensando que iria dobrar esse “mago” e paralisar a Paraíba. Mas não apoio esse governo Temer nem a pau”, concluiu.




Comentários


Comentar


Sidebar Menu